chama violeta  Pager


Novos Tempos

 

A falta de sincronicidade que várias pessoas vem sentindo já há algum tempo em relação à passagem do tempo ocorre em razão do desajuste na frequência da estrutura da consciência em relação à nova realidade vibracional a que a Terra está se inserindo na passagem pelo cinturão de fótons, portanto, é algo que ocorre através de cada um dos seres que aqui vivem.

O ajuste é o bilhete de entrada para um novo nível de forma de vida, um novo nível vibracional, uma nova amplitude de consciência.

Na passagem que leva ao ajuste, os seres devem conhecer o tempo de um modo diferente:

·         Há tempo suficiente para se realizar o que está em sintonia com a nova realidade

·         Não há tempo para realizar o que é irrelevante para a nova realidade

Ou seja, se estamos envolvidos com alguma atividade de auto-descoberta, purificação ou encontro com nosso Deus Interior, nosso EU SOU, o tempo para essas atividades existirá e será plenamente suficiente.

Se estivermos, por outro lado, envolvidos com alguma atividade dentro de padrões de crença sobre limites, falhas, faltas ou medo, o tempo irá passar muito rapidamente, não sendo suficiente para a vivência de se afundar nesses dramas e nos sentiremos perdidos e esgotados.

No primeiro caso, estamos atuando no nível vibracional correto, dentro da nova realidade: nível mais alto, portanto, com frequência de onda mais rápida. Estamos ajustados, em sintonia com a velocidade mais rápida do tempo, por isso, não sentimos discordância entre o tempo que precisamos para realizar as coisas e o tempo que passa ( não sentimos coisas como por exemplo: o dia hoje voôu e eu não fiz nada!!)

No segundo caso, estamos atuando num nível vibracional discrepante da nova realidade: num nível mais baixo, portanto, com frequência de onda mais lenta. Estamos desajustados, fora de sintonia com a velocidade mais rápida do tempo, motivo que nos leva a sentir que o tempo nos escapa.

O que precisamos fazer para providenciar o ajuste é " mudar o canal".

Mudar do canal do medo e do controle, para o canal da escolha.

A frequência onde vibra o medo, a ameaça, o controle e o desastre não alcança a nova realidade e, portanto, é preciso abandoná-la.

O novo canal, traz outras possibilidades, probabilidades e realidades.

Mudar para ele é uma questão de escolha.

Qualquer bloqueio está apenas em nossa mente.

Escolher estar em sintonia, neste novo canal, desperta também, áreas adormecidas do cérebro físico que não estavam ativadas em razão de a realidade existente no canal anterior, não disponibilizar informações sobre o que fazem e para que servem essas áreas.

É como levar uma criança que ainda não sabe ler a uma biblioteca. Ela muito provavelmente, só irá observar as figuras dos livros, quando houverem. As demais partes não farão sentido.

No caminho para a travessia do portal, temos de deixar tudo que é próprio da realidade anterior.

Isso faz com que aspectos negativos de nosso ser apareçam de maneira mais tangível e imediata, mas não devemos porém, negá-los pois não estaremos nos liberando deles e sim, estaremos escondendo.

Dessa forma não se atravessa o portal.

O " detector" dispara, não permitindo que entremos com bagagem pesada ( negativa, densa, lenta).

Precisamos sim, enfrentar olho no olho esses aspectos negativos e compreender, perdoar a nós mesmos pelos monstros que criamos.

Enviar-lhes um manancial de energia superior, luz, amor, compaixão e misericórdia.

Desta forma, esses aspectos serão absorvidos e dissolvidos na luz e estaremos livres para atravessar.

Uma travessia individual.

Podemos ser guia para quem vem atrás, assim como somos guiados por quem já o atravessou, mas jamais poderemos atravessar por alguém ou carregar alguém.

Para entrar, precisamos nos adaptar conscientemente às novas regras do novo lugar.

Aos que ficam para trás por terem escolhido se arraigar a antigas crenças, paradigmas cristalizados, só nos cabe emanar amor, compaixão e pedir misericórdia (pois tudo é uma questão de escolha, não existem vítimas, nós somos os criadores)

Estamos saindo do tempo linear: passado, presente, futuro e indo para o tempo do agora.

Na realidade do tempo linear, sentimos um certo temor pelo futuro, pelo que está além do horizonte.

Vivemos numa linha reta.

Na realidade do tempo do agora, sentimos paz, pois sabemos que o que nos espera no futuro é o que escolhemos no presente e o que vivemos no presente é o que escolhemos no passado.

Saímos da linha reta e entramos no círculo. Círculo Sagrado. Geometria Sagrada.

Estamos no exato momento de lembrarmos que nós mesmos escolhemos vir para este planeta ( no qual não temos já há algum tempo a memória completa por causa do nível denso de vibração que se estabeleceu em razão da criação de pensamentos, sentimentos e ações desarmoniosas de nossa parte) para nos conhecermos como criadores em uma realidade física.

Somos criadores, deuses e como tal, temos intrinsecamente em nós os quatro princípios da criação:

·         Amor

·         Saúde e bem-estar

·         Abundância

·         Criatividade

E mais: nós pensamos!!! Somos responsáveis, queiramos ou não, pelo nosso próprio caminho.

A visão linear do tempo se deu em razão de nossa desconexão com o macrocosmo, por nós mesmos provocada.

Basta despertarmos, escolhermos pelo despertar para reconhecer o dinamismo que há em Tudo.

Despertarmos para o fato de que o que é materializado é o resultado de nossos pensamentos e crenças sobre Ter, merecer e ser digno (aceitamos ou negamos nossa origem divina???)

Já é hora de passar de ano nesta Escola de Criadores.

Saudações em todas as pontas do Tetraedro Sagrado

Eu Sou Quântica

 


Volte a Homepage Back